Sinais Contraditórios

Imbicto leitor,

Vindos de uns dias paradigmáticos, eis que dou por mim a ler um artigo do Imbicto Vassalo, no seu Porto Universal, relembrando o que escrevera, há uns meses atrás, a propósito dessa necessidade tão urgente – aos olhos de poucos – de se fazer um “reset” na máquina.

Haverá aqueles que acham o mal de todas as coisas naquelas minhas palavras reflexivas. Porém, à medida que o tempo e as atitudes passam, verifica-se uma triste sina procedimental. Acordar depois de uma bela noite de sono, dói; nunca tanto quanto ir acordando quando somos assolados pela falta de sono. E o que temos, neste momento, no FC Porto, é uma profunda insónia; uma profunda abstracção da realidade.

Os sinais são, de facto, contraditórios. Ainda que haja sinais de mudança, a mesma não parece ser em direcção às melhores expectativas. Independentemente dos rumores de mercado  e das loucuras milionárias acerca de belos jogadores que não o valem pela metade, a verdade é que o buraco financeiro está aí, bem aberto e, sem qualquer solução para lá do esquecimento momentâneo proporcionado por uma certa aflição exagerada de quem acha que a equipa que temos não chega e de que é preciso trazer este e aquele.

Antes de mais, trazer o quê, com que dinheiro? À custa de quê e de quem? Com que custo para quem e através de quem? Mais do que estarmos a tentar encontrar culpados e teorias “Mendescas”, importa o essencial: é preciso vender. O problema é que não há mercado correspondente aos valores necessários – salvo engenharias financeiras sofisticadas, ou empresários que “cheirem” os milagres do Midas dos pneus.

Um novo central? Talvez, mas onde anda Lichnovsky e onde fica o papel de Reyes para lá da insistência em não o experimentar a 6. E Danilo? Se recuar para a defesa e deixar a posição 6 para Rúben (com resguardo atrás já resulta…) Reyes, ou Evandro, qual o sentido de vir mais um quando mandámos o Maicon embora?

Outro avançado? OK, mas quem gere as expectativas de André Silva, ou a tendência para a depressão de Àbombakar? Com que dinheiro vamos encontrar gente de crédito firmado?

E a lateral-esquerda? Agora ninguém se lembra, mas Indi ainda se vai rir disto tudo, porque poderia bem ter ido ali parar, mas a única coisa que se conseguiu fazer foi marcar defesas para abate.

Adrián é o exemplo do desnorte total. Este blogue foi um dos defensores do espanhol até certo ponto – talvez não tanto quanto o Jorge Vassalo. Digamos que Adrián está para o plantel como Lopetegui estava para a estrutura. Foi o saco que encheu e que os fez irem embora, mais do que, propriamente, a competência. E aquelas palavras presidenciais, jocosamente proferidas? Com que cara e com que espírito é que um jogador com aquela qualidade no lugar errado à hora errada, vai encarar o presidente e as suas palavras, ou a massa-assobiativa?

A fé já ma tiraram. Sobra a curiosidade de ver como isto vai acabar, nas próximas duas semanas. Há jogo a doer e, até lá, mais do que a preocupação em vir este ou aquele, tem de haver a cabeça para equilibrar um barco que está à deriva em busca de rumo e de equilíbrio, sem falar dos emprestados.

Chegará o momento em que seguir com a nau para sair da tempestade significará: ou os homens, ou o ouro. E aí veremos se ficam ambos em golpe de sorte, ou se fica um desses elementos, como fatalidade da vida.

Eu, como muitos, cá estaremos. Com memória do bom, do mau e do aviso…

Imbicto Abraço!

Advertisements

3 thoughts on “Sinais Contraditórios

  1. Caro Imbicto!
    Se bem entendi o meu bom amigo no seu “post” expõe as suas dúvidas e de grande parte dos adeptos, inclusive eu, acerca do actual projecto e das perspectivas futuras. E com razão, porque depois dos “flops” p.p. Fonseca e Lopetegui, com a moral abalada, os sócios e adeptos não têm motivos suficientes para estar eufóricos, antes pelo contrário, a situação actual é de expectativa desconfiando.
    Relativamente ao destreina NES, apesar de toda a publicidade (homem da casa e somos Porto) que nos querem vender, eu pela minha parte não estou convencido. Vamos ver, pode ser que dê certo, mas para já, tenho muitas dúvidas que o NES como treinador de campo esteja ao nível do Rui Vitória, quanto mais do Jorge Jesus.
    Adaptação aos benfas- Atributos do prof. Rui Vitória formado em educação física
    … trata-se de se adaptar aos recursos à disposição. Mais do que o desenho táctico, o mais importante, no entender de Vitória, é a dinâmica, e o técnico quer um Benfica a controlar o adversário e a bola.
    Jorge Jesus no Sportem
    Mesmo sendo um bronco temos de concordar que o homem conhece os meandros do futebol português e procura tirar proveito disso com um discurso galvanizador e insistente de que quer ser campeão, veremos se consegue, mas o que é certo é que na época passada esteve quase, foi por um triz que não ganhou o campeonato. De notar que foi JJ que treinou o meio campo do sbordem que deu cartas na selecção vencedora do Euro.

    Por aquilo que constato o NES precisa de ovos de qualidade para fazer boas omeletas…
    Longe vai o tem em o Mestre Pedroto conseguia fazer de quase toscos grandes defesas centrais (Valdemar de lateral esquerdo passou a quarto defesa com boas provas dadas).
    Quero com isto dizer que um bom treinador faz de jogadores medianos, grandes futebolistas…!

    Abraço
    https://dragaoatentoiii.wordpress.com/

    Gostar

    1. Imbicto Armando,

      De facto, é uma leitura complicada.
      Talvez seja ainda cedo para fazer análises, no entanto, a soma circunstancial dos motivos que levam NES a ser treinador do FC Porto com a falta de verba$ dificulta o cumprimento dos objectivos.
      No final, apesar de tudo e mais uma vez, NES não caiu de pára-quedas – tal como todos os outros.

      Imbicto abraço!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s