Isto é tudo muito bonito, mas…

Imbicto leitor,

Hoje há motivos literais para o separador do blogue chamado: “Sem Categoria”.

Começam por tê; têm duas sílabas; têm passado no clube; são Antóni(m)os.

Um foi acusado; o outro foi caso abafado. Um foi procrastinado; o outro, será relevado?

Todos diferentes, todos iguais. Tivesse sido por cá, levaríamos com os demais…

Tozé 2014

tozé


 

Tonel 2015

tonel


E claro que nem vale a pena falar de uma festa que não vi e que relega a natureza do clube para do tal FC Festas, ao mudar o local do FC Porto vs. Barcelona, em hóquei.

 

Imbicto abraço!


P.S.: Clicar nas imagens para aceder à fonte directa.

 

 

Anúncios

4 thoughts on “Isto é tudo muito bonito, mas…

  1. Vais-me desculpar mas, perante uma merda tão grande como a que o dito tonel fez, estares a ter que trazer à baila que havia dragões de ouro e que o Tozé foi criticado, não faz sentido nenhum!
    Se já é difícil lutar contra todos, mais difícil fica lutar mesmo contra todos!
    (Isto parece a Stasi: nada melhor que por a mulher a denunciar o marido, e os filhos a denunciar os pais!)

    Gostar

    1. Imbicto reinemargot,

      É apenas um paralelismo. Não se trata de crítica alguma a Tozé, mas uma verificação comparativa pertinente da forma como se trata(rão) ambos os casos.
      Mais: estamos perante dois comportamentos diferentes e, se segue o que escrevo, lembrar-se-á disto: https://imbictopoema.wordpress.com/2015/04/07/breves-assobiar-a-mistica-o-estranho-caso-de-toze-e-do-adepto-sem-bone/ , o que, naturalmente, se entende como uma defesa ao jogador, muito contra aquilo que a esmagadora maioria dos blogues fez. Mas é opinião minha, só, de o ter defendido, salvo a posterior verificação de que celebrara sobejamente o primeiro golo que lá sofremos, nesse jogo e que fez de tudo para ajudar a “sua” equipa, ao sair a passo lento.

      Creio que tirou uma conclusão precipitado da minha exposição… E se ler bem, verificará isso mesmo.

      Quanto aos Dragões de Ouro, é facto: a administração parece estar mais empenhada na aparência e na forma como faz negócios e com quem faz negócios do que propriamente com a sua base e a actividade: o desporto. Retirar um clássico mundial do hóquei e um jogo de andebol do factor casa é, no mínimo, incompreensível, até porque há mais dias na semana e porque há mais locais afectos (ou casinos), que poderiam ter recebido a gala – nem que fosse numa lógica de patrocínio, abatendo parte da despesa. Acho muito bem que se organiza no Dragãozinho, mas se o fundamento do FC Porto não impedir tal organização – neste caso, as competições.
      Apenas falei numa lógica de desprezo, porque, francamente, ontem preferi ver os rivais e perceber em que caminho estão, em vez de estar a “divertir-me” com prémios dados de forma já pouco pensada e lógica, enquanto a equipa está a jogar o que se vê.

      Imbicto abraço!

      Gostar

  2. O Dragão Caixa tem como sentido primordial as festas da Nobreza, com a presença do Clero; e Povo que vá dar uma volta… a Fânzeres e a Viseu. O Futebol Clube do Porto deve ser de todos os tripeiros; não se deveria cingir a alguns “betinhos” portuenses .

    Gostar

    1. Imbicto Rui,

      Mais do que betos ou gunas, um clube é isso mesmo: uma instituição desportiva. E, por conseguinte, os locais que detém para o efeito das práticas respectivas, devem ter o uso que para si foi destinado.
      É pena, meu caro. É pena, mas isto está a ficar estranho…

      Imbicto abraço!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s