RESCALDO | FC Porto 2 (3+1) vs. Estoril 0

Imbicto leitor,

Sim, 3+1. Um golo vergonhosamente anulado em mais um lance de erro clamoroso (um de muitos, hoje), somando-lhe a possibilidade de vir a marcar através de uma grande-penalidade não assinalada, mas óbvia. Mas não é esse o destaque de hoje…

Hoje, destaca-se uma lembrança estranha dos tempos de Fonseca, num FC Porto vs. Braga. Aquele jogo estranho, em que Carlos Eduardo virou herói. Aquele jogo onde a “massa assobiativa” resolveu entrar em cena para dar cabo dos nervos aos moços. Não entendo, confesso! Não entendo esta gente que só abre a boca para dizer aquilo de que o outro tanto gosta… Gente, ´ide mas´é cavar!

Muito mal começou este Porto… Regressou uma forma de estar na queima, com passes a clamar pelo erro que dá em golo por perder bolas na defesa. E por quê tudo isto? Ainda há racionalidade para perceber?

Uma equipa sem metade de si, do ano passado. Um grupo vindo de um resultado desmoralizador, na Madeira. Um treinador desesperado, “a voces” – como dizem os espanhóis – para os jogadores que pareciam estar a dormir, ou sob o efeito de um feitiço qualquer. Um Imbula que não explode. Um Brahimi que não se conhece bem ali, no meio. Muita coisa que precisa de tempo. Muita!

Não escondo que estou preocupado… Mas também não posso deixar-me levar pelo disparate de achar que está tudo perdido. E porquê? Porque se viu, após a entrada de Herrera, tudo a fazer sentido. Tudo reencaixou no seu lugar, aos poucos, à medida que a confiança voltava. Ah! E já agora porque ganhámos…

Eu creio neles. Vós, gente do apito – ambos os dois -, não sois necessários por cá, quando agis desta forma. Convido-vos, portanto, a ficar no quentinho do lar a gritar para quem vos merece ouvir: um ser inanimado chamado TV, ou o meu conterrâneo Pedro Aze(ve)do, da RR, que resolveu “virar-se” a Lopetegui para dizer que não sabia como é que ele “falava aos jornalistas lá em Espanha”, pois aqui não devia fazê-lo daquela maneira. Pois… A gente que seja comidinha, p´tanto…

Vamos a destaques…

Pela positiva:

  • Brahimi ao meio é outra loiça. A hipotética chegada de Corona (valores é coisa que não se discute, para já, até porque ninguém é parvinho – acho eu…). Isto é um indicador tremendo de que, com mais entrosamento, temos outro Porto.
  • Maxi à Porto… pois, tinha de chegar este dia. Aquela gente que, finalmente decidiu aclamar o bastardo como se fosse uma pega dos forcados amadores de não-sei-onde. Começo a perder as forças, seu indivíduo de passado inqualificável! Mas até por teres demonstrado que no início do jogo levas amarelo como levaste, com a nossa camisola, já provas muita coisa…
  • Marcano é um relógio. Um ou outro erro sem comprometer em demasia.
  • Herrera, para mim, hoje foi a chave do jogo. Muito bem, Lopetegui. Teve coragem para tirar o “Sr. 20 milhões” que precisa de confiança, tempo, adaptação e, mais do que tudo, de um treinador que entenda que não tem mal correr como um tolinho por entre os adversários. Posse pela posse não vale de nada… Hoje pode ter sido o seu dia P, de permanência.
  • André André entrou e mostrou disponibilidade. Lutou e deu o exemplo.

Pela negativa:

  • Danilo Pereira… Acho que me vão bater, mas hoje era dia para Rúben, como poderia ter sido na Madeira. E tudo porque há uma capacidade de passe no puto que este muro não tem. Hoje pareceu-me perdido…
  • Tello porque não há mais palavras para pessoas que só correm e resolvem fintar quando estão um passo à frente do que o raciocínio permite. Muito, mas muito mal na definição…
  • A falta de ritmo e de entrosamento são preocupantes, nesta altura. Saíram muitos, é verdade! Mas foi apenas Alex quem saiu tarde, no pós-pré-época. Urge acelerar o ritmo!
  • A falta de soluções de Lopetegui e Bueno, que não joga nem parece vir a jogar. Os modelos alternativos não aparecem e os dois avançados, ou o 1+1, não parecem ser mais opção para o treinador.

Hoje o Chelsea voltou a perder. Aliás, equipas importantes compostas por muitos internacionais deram-se mal. Esperemos que assim continue e que o benfas também continue a perder, como está agora, enquanto vos escrevo… Porque quando assim acontece em dias como hoje, o dia de amanhã será ainda melhor…

Imbicto abraço!

Anúncios

2 thoughts on “RESCALDO | FC Porto 2 (3+1) vs. Estoril 0

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s